terça-feira, 21 de novembro de 2017

Batman Pequena Gotham

Batman Pequena Gotham já começa diferente. Uma noite de Halloween em que os “pequenos” Batman e Robin comparecem a diferentes comemorações.

Batman Pequena GothamAliás este é todo o mote de Pequena Gotham. Batman e seus personagens principais, vilões e toda a “família morcego” seguem os feriados. Mais ou menos como em “O Longo dia das Bruxas“, mas muito mais “fofo“.  Bem diferente de Franklin Richards – O Filho de um Gênio ( artigo aqui no blog também ), o tom meio soturno que segue o Batman desde Cavaleiro das Trevas está presente. Só que de uma maneira mais leve, mais reflexiva e com momentos de ternura.  Em cada historia, vilões e heróis em situações um pouco mais inocentes e menos sangrentas são apresentados em sua psique primária, mais básica. Sem forçar a barra, diverte e faz pensar. É bem legal ver como foi adaptado o traço de cada personagem e a personalidade. Quando eu falo em psique básica, é mais ou menos como resumir um personagem complexo à uma única característica emocional, mas mesmo assim, colocando um pouco do seu motivador básico. Desde o Batman com sua “vingança” disfarçada de proteção excessiva e obcessiva, até o “medo“, que é a base do Espantalho. Sem deixar de citar o próprio Damian Wayne com sua revolta e a paixão pela esposa do Mr. Freeze. A loucura do Coringa está voltada pra dentro e a raiva contida da Barbara também, só que tudo de forma mais leve, branda, “light”… Afinal o contraste to traço infantil em aquarela, mas artístico ficaria muito evidente.

Batman-LilGothamCheia de referencias, tanto eme texto quanto em desenhos, alguns quadros clássicos da historia do morcego aparecem com frequência. Momentos chave são revistos e os diálogos sempre buscam fazer pensar. É uma revista divertida, a gente até ri de algumas situações, mas percebe-se que o “pano de fundo” é outro. Como uma homenagem mesmo. Piadinhas soltas e divertidas.

Batman Pequena Gotham recebeu seus roteiros de Dustin Nguyen e Derek Fridolfs e foi toda desenhada pelo próprio Dustin.  O traço é todo infantil, “fofinho” como diria minha esposa. Um estilo bem aquarela, cores sem muita definição, manchadas, mas de proposito. Traços faciais bem leves, mas com grande definição no emocional. Isso chama atenção, porque tem HQ’s mais sérias que o desenhista falha muito na transmissão de emoções dos personagens, dando foco maior em movimento. Aqui, não. Aqui é divertido, cada pagina é basicamente uma pintura. Emocionante.

Batman Pequena GothamRecomendo como uma leitura leve, divertida. Se você curte homenagens cheias de referencias emocionais e históricas, pode ler sem medo.

Abraços do Quadrinheiro Véio !

Screen Shot 2012-11-15 at 11.26.22 AM tumblr_inline_mhxa2y9xd11qz4rgp photo-2
Gotham-Mini-Dudes-Dustin-Nguyen-810x548 BatmanLilGotham_des Batman Pequena Gotham

About The Author

Sou um leitor de Quadrinhos e fã de cinema desde que me entendo por gente. Minha primeira "revistinha" ganhei da minha mãe em 1983 e desde então não parei mais de ler. Portanto este é um blog de um cara que começou a ler HQs há mais de 30 anos e continua apaixonado por este universo !

Related posts

2 Comments

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *