quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Jacques DeMolay – O Martir Templário

Oi, Quadrinheiro !
 
Caiu em minhas mãos esta semana uma edição muito legal de uma HQ, que confesso não conhecia e fiquei muito contente quando a li. A edição número 1 de Jaques DeMolay – O martir Templário, lançada em agosto de 2013 pelo grupo ArteOfício.
 
Esta HQ será uma mini-serie em 12 edições e conta a história de Jaques DeMolay, um Cavaleiro Templário do final do século 13. De forma muito criativa e romanceada, o autor Fabrício Grellet narra a vida deste que é tido como o Último Grão Mestre da Ordem dos Cavaleiros Templários, que inclusive fez parte das cruzadas. Gosto de ler HQ´s com base histórica, ainda mais de uma época tão rica em feitos, onde buscava-se a ordem e a justiça, mesmo que muita gente ache que não foi feito da melhor forma, as convicções dos Cavaleiros de fazer o bem e proteger a justiça são lendárias. Narrativas de espadas, cavalos, deveres, honra, comprometimento com suas escolhas e com a própria palavra e juramentos… coisas que andam tão esquecidas nos dias de hoje e que podem ser resgatadas. Acho isso muito válido. O mundo precisa, urgente.
 

A arte fica por conta de Silvio Spotti e Arthur Garcia, que dão vida e

movimento aos cavaleiros. As cores são de Carolina Pontes. Toda a HQ tem coloração forte, marcante e viva. É possível ver sentimento nos olhos dos personagens, mesmo em um ou outro quadrinho que possa parecer estranho. Nota-se que seguem uma linha mais clássica no enquadramento e posicionamento, e isso é condizente com a linha que a narrativa pede. Cabe ressaltar que a narrativa é pesquisada, e portanto o que se vê não é apenas uma estória, mas um registro histórico da vida de uma pessoa que fez diferença no mundo, um herói real de sua época e que ainda hoje inspira muitas pessoas. Inclusive esta série tem o suporte de um psicanalista e uma pedagoga, além de especialistas na história templária para dar o suporte histórico e nada se perder ou passar de forma mentirosa. E isso é muito legal, porque mesmo que este tipo de suporte possa parecer “chato”, acontece o contrário, que é uma história com ritmo de HQ medieval.

 
Recomendo a leitura, sim. Ainda mais com tantas porcarias que estão saindo, uma publicação com narrativa de qualidade as vezes passa batido. Mas você não encontrará a publicação nas bancas, apenas por assinatura. A série visa lembrar os 700 anos de sua morte e ao final você recebe um box pra colocar a coleção. O site oficial é o local pra assinar: http://comicsdemolay.com/ e também tem a página no facebook que quiser seguir e acompanhar as novidades: https://www.facebook.com/gibijacquesdemolay
 
 
Abraços do Quadrinheiro Véio !!
 

 

 

 

 

 

About The Author

Related posts