Primeira Capa do Crossover entre MSP e DC Comics

Saiu a Primeira Capa !

E durante o Batman Day, evento especial realizado pela Panini para os fãs do Homem-Morcego, a editora divulgou com exclusividade a primeira capa de uma das revistas nascidas do crossover entre a Mauricio de Sousa Produções e a DC Entertainment, ou melhor, entre a Turma da Mônica e a DC Comics. A publicação trará Cebolinha e Batman juntos em uma aventura com a turminha. Na capa, Batman está ao lado de Cebolinha e Mônica como Robin, parceiro inseparável do super-herói, e Cascão representando o Asa Noturna, em Gotham City.

A parceria é inédita começa nas edições de dezembro deste ano das revistas MônicaCascãoMagaliChico Bento Turma da Mônica ( Se não tivesse Chico Bento eu nem sairia de casa… rs… ). E duas aventuras completas nas edições de dezembro e janeiro da Turma da Mônica Jovem, publicadas pela editora Panini com os personagens da Mauricio de Sousa Produções ao lado dos super-heróis e supervilões da DC, como Batman, Superman, Mulher-Maravilha, Flash, Lanterna Verde, Aquaman, Coringa, Mulher-Gato e muitos outros personagens icônicos. 

Os traços editoriais das revistas serão todos desenhados pela Mauricio de Sousa Produções e os roteiros das histórias serão realizados em parceria pelas empresas, para unir os personagens em eletrizantes aventuras.

 

Vale conferir !

Abraços do Quadrinheiro Véio!

Cebola – O Grande Prêmio – Turma da Mônica Jovem

Cebola – O Grande Prêmio – Turma da Mônica Jovem

Olá Quadrinheiro !

Recentemente em um evento, conversando com amigos, comentei que pra mim o Maurício de Sousa conseguiu uma façanha das mais incríveis em nosso meio “quadrinístico” brasileiro: Ele não tem haters ! Cara, isso realmente é um super poder. Todo mundo pode falar o que quiser de vários personagens de editoras americanas, européias, japonesas e etc… mas todo mundo cresceu lendo Turma da Mônica e não conheci uma pessoa sequer, até hoje, que fale mal ou desgoste. 

Parabéns e obrigado, Maurício !

Dito isso, chegou em casa uma edição muito especial da Turma da Mônica Jovem em cores que eu achei uma delicia de ler. Em “O Grande Prêmio“, Cebola, Mônica, Magali e Cascão são envolvidos em uma aventura espacial, de ficção científica em que é possível ver a união do estilo clássico da turminha, ao mesmo tempo que temos acesso à pegada mais adolescente de narrativa infanto-juvenil que é a proposta dos “jovens” personagens.

Esta coleção Turma da Mônica Jovem EM CORES traz aventuras completas e em capa dura. Tradicionalmente em preto e branco, a fase jovem é totalmente colorida nessa série – que terá 5 volumes com lançamentos trimestrais. A edição foi pensada para o fã colecionar e deixar na sua prateleira, como uma versão de luxo que possui acabamento fosco e verniz em reserva com a lombada na forma um mosaico.

Já havia um tempo que eu não lia a Turma Jovem, porquê eu ainda prefiro mais a turminha clássica. E quando eu recebi esta edição eu pensei: Bom, não é o Chico Bento Moço, mas tem o Cebolinha que é um dos meus prediletos. Vamos ler isso. E qual não foi minha alegria ao conferir um roteiro decente, com desenhos no estilo já definitivo, capa dura e 108 páginas. E além disso, tem material extra com os estudos e bastidores da HQ. Muito legal, muito carinhoso com os fãs dos personagens.

A aventura começa com a turma jogando uma corrida virtual que depois acaba se tornando real, e com isso, o peso da responsabilidade do grande prêmio : Ser o comandante do universo !

Como já conhecido, a narrativa segue cheia de humor, com bastante piadinhas divertidas e muitos momentos em que os personagens quebram a quarta parede. Em alguns momentos, eu senti que poderia ter um pouco menos destes recursos, porque distraem a gente da narrativa principal. Só que a história compensa isso ao longo do decorrer dos acontecimentos e quando a gente se acostuma com esta maneira de narrar, tudo segue muito bem.

É muito importante frisar que o público alvo da Turma Jovem é o adolescente, que atualmente gosta de um ritmo mais interrompido e sempre com algum presente, e com isso, as novas histórias lançadas nos anos atuais sempre precisam manter a atenção deles. Com isso, a gente percebe que todo quadrinhos tem algum tipo de mini-piada envolvida, algumas bem inteligentes e inesperadas, e em algumas passagens tive a impressão de que a idéia é se tornar atemporal e atingir todos os tipos de leitores.

E as referências ? 

Olha, eles conseguem ! Incrível ! Sempre tem referencias nos quadrinhos, assim como fazem na série “Clássicos do Cinema”, tem muita sacadinha genial embutida, ao melhor modo “aquele que tiver olhos que veja…” Inclusive uma página inteira só com referencias.

Fora isso, tem de tudo. As clássicas implicâncias e comportamentos dos personagens. Suas características pessoais, palavreados, amizades, reforços… tudo alí. Você reconhece a importancia da coerência e ficamos gratos demais com este cuidado.

Recomendo muito a leitura. É um resgate da sua criança interior e um gostinho de estar de volta ao lar original da sua vida !

Abraços do Quadrinheiro Véio

 

Menino Aranha 2 – Clássicos do Cinema – Turma da Mônica

Menino Aranha 2 – Clássicos do Cinema

AAAHHH HAHAHAHAHA !!! Poxa vida, esta coleção Clássicos do Cinema da Turma da Mônica é, pra mim, uma das melhores criações da Mauricio de Sousa Editora. É um grande acerto. É simplesmente uma publicação completa e vou explicar o motivo.

Primeiramente: Tem a turminha da Mônica. Eu duvido você rodar o Brasil todo e não encontrar apaixonados pelos personagens. Todo mundo AMA Turma da Mônica de alguma maneira. E isso é algo simplesmente sensacional. Sabe aquele filmes em que as pessoas precisam firmar a força do pensamento em algo que todo mundo ame em comum pra vencer o domínio de um grande mal ? Aqui no Brasil era só mandar todo mundo pensar na turminha e pronto: Amor instantâneo, arco-íris e adeus forças do mal. Acha exagero ? Não, você sabe que não. É algo unanime, é patrimônio brasileiro, é orgulho dos quadrinhos nacionais.

Dito isso… Menino Aranha 2 é uma paródia em quadrinhos do Filme O Homem-Aranha 2 do Sam Raimi de 2004. Cebolinha é Cebola Parker, o sempre atrasado alter-ego do Menino Aranha. E é freelance no Motin Diário. Ok… vou parar por aqui. O mais legal é ler a revista, pensando ” Como será que eles chamaram tal personagem, e tal local, e tal situação…” Isso é uma leitura prazerosa, encantadora e que a gente não consegue largar a revista enquanto não terminar de ler.

Referências

Pra quem é fã do Aranha e, mais ainda, fã do universo Geek/Pop/Nerd em geral, as revistas Clássicos do Cinema são uma show a parte. Você não imagina a quantidade de referencias. E te adianto uma coisa: Não tem como descobrir todas ! Sempre uma passa batido, seja porque tem muito detalhe, seja porque não você realmente não tem como conhecer tudo que existe hoje neste tão vasto e ainda em expansão universo. Mas pra quem assistiu o filme, vai perceber muito de perto as várias situações. E o mais legal, é que não são simplesmente situações a rodo. É um trabalho muito cuidadoso de fazer um blend entre as personalidades da turminha da Mônica com as dos personagens dos filmes, e ainda ter sacadas geniais nos diálogos. É muito perceptível que existe todo um cuidado com cada um dos balões, com cada frase, cada palavra. E serve pra crianças e adultos. Resgata o fã mais velho e os pequeninos vão se divertido do mesmo jeito. Como é que pode isso ? Você não precisa ser nerd pra gostar, porque pra quem não conhecer as referencias, não vai sentir que perdeu uma piada. Nem vai notar, sabe assim ? Tem de tudo, desde um quadro idêntico ao original dos quadrinhos, situações que foram sagradas em momentos importantes dos personagens, e pode procurar, sempre tem um quadro grande com um moooonte de personagens, objetos ou qq coisa que reuna trocentas referenciase você para um tempão só pra tentar ver se conhece todos. Em Menino Aranha 2, tem uma reunião de vilões. Em Indiana Jones, uma reunião de arqueólogos. Em Star Wars, uma reunião de robos, droides, ciborgues em geral. E a gente que saber quem são todos. Tipo as capas de Kingdon Come, que tem um monte de personagens, filhos de heróis e você fica curioso pra saber quem são todos ali.

Este Flávio…

Uma das coisas que eu considero mais legais é que a pessoa por trás destes roteiros tão incríveis dos Clássicos do Cinema da Turma da Mônica é o Flávio Teixeira. O Flávio é conhecido nerd e fã de muitas franquias, está a muuuuitos anos na Mauricio de Sousa Editora e é a cabeça por trás de toda a linha Clássicos do Cinema. A ele todo meu respeito e admiração.

E como o projeto já acumula muitos números, a editora começou a lançar encadernados com capa dura com 3 revistas reunidas. Com uma qualidade mais legal ainda. Estes dias eu ví uma edição numa livraria e deu aquela coceira na mão… hahahah… estão lindas as capas, misturadas como se fossem uma só. Sensacional !

Recomendo Menino Aranha 2 pra você, e recomendo toda a linha. Diversão da melhor qualidade. Nerd ou não. E confira mais posts sobre a Turminha da Mônica aqui também.

Abraços do Quadrinheiro Véio !

Visite o canal: http://www.youtube.com/oquadrinheiroveio