Lançamento: Quadrinhos Disney pela Culturama

Lançamento: Quadrinhos Disney pela Culturama

Eu com o Paulo Maffia – Editor Quadrinhos Disney

Olá Quadrinheiro e também você que acumula mais um título ao chegar neste post: Disneyano. Finalmente foram reveladas e lançadas as novas capas das novas revistas em quadrinhos dos personagens Disney no Brasil pela Culturama. E elas estão lindas !

Durante meses, o editor dos quadrinhos Disney da Culturama, Paulo Maffia, fez segredo de TUDO relacionado as revistas. Nem uma única capa, quadrinho ou tema foi revelado antes e ele ainda brincava com muito bom humor em suas redes sociais com as tentativas dos fãs de descobrirem alguma coisa. Vídeos, fotos, imagens corridas, borradas. E a gente ali tentando decifrar, mas não houve meio de descobrimos. Foram dias divertidos e ansiosos.

Evento de lançamento

Obrigado Equipe Culturama
Equipe Culturama

A Editora Culturama, de Caxias do Sul, fez um evento inédito para este lançamento, reunindo artistas, jornalistas, influenciadores e a sua própria equipe para anunciar e revelar as tais primeiras capas da nova fase dos Quadrinhos Disney em terras verde-amarelas. Após uma recepção muito bonita, tivemos um pronunciamento emocionado do Diretor Geral Fábio Hoffman e outros diretores e gerentes. Após apresentar-nos um vídeo sobre os bastidores da produção, Paulo Maffia autorizou a revelação das capas que veio seguida da simpática presença de ninguém menos do que o PATO DONALD, direto da Disney.

E as revistas estão muito incríveis !

Pudemos receber um kit contendo todas as 5 revistas lançadas pela editora. As primeiras edições de Mickey, Pato Donald, Tio Patinhas, Pateta e Aventuras Disney começam do número zero e são EDIÇÕES DE COLECIONADOR, com direito a selo e tudo. Preciso confessar minha ansiedade. Mal podia esperar pra ter a Tio Patinhas número 0 em minhas mãos. E quando finalmente recebi meu kit na saída do evento, foi como rever um velho amigo que mudou de casa e havia passado um tempo longe.

As revistas estão lindas, bem acabadas, com um cuidado enorme. Capas mais grossas, papel especial e 68 páginas com histórias inéditas. Cores vivas no formato 13,5 x 19,5 cm e uma diagramação e tradução feitas e atualizadas, pude perceber que as histórias estão recebendo um carinho muito especial por parte da Culturama. É um respeito enorme com personagens que realmente merecem e um público que as valoriza.

Novidades por aí !

Marcatti, Edson Diogo ( FGdQ ) e Marcelo Borba
       Marcatti, Edson Diogo ( FGdQ ) e Marcelo Borba

Durante a noite, também soubemos de mais algumas coisas. Como uma edição especial com mais páginas trazendo algumas histórias especiais e bastidores dos quadrinhos Disney, ou mesmo a presença confirmada do roteirista e desenhista italiano Franchesco Guerrini, que estará no Festival Guia dos Quadrinhos 2019 em São Paulo em abril. Convidado especial da Culturama, vem comemorar a casa nova do Mickey e seus amigos.
E também anunciou presença na CCXP 2019.
Tem muita coisa boa vindo por aí ainda. Vale a pena acompanhar as redes sociais da Culturama.

Desenhista Fernando Ventura passou a noite dando presentes para os convidados
Desenhista Fernando Ventura

As revistas começarão a chegar nos pontos de venda a partir de março e o mais interessante é que não apenas em bancas, mas em muitos pontos diferenciados, como mercados, farmácias e outras lojas. Assim, a distribuição é mais garantida, e chega em todos mesmo com a diminuição da quantidade de bancas de jornais nos últimos anos em nosso país.

E também existe a opção de assinatura, onde além de receber as edições “0”, tem um brinde super especial. Basta conferir no site da Culturama ( link ).

Enfim, agora vou terminar de ler as minhas. Já devorei Tio Patinhas ( obvio que eu leria esta primeiro ) e Mickey. E ainda tenho mais 3 pra ler. Felicidade é pouco !!!

Abraços do Quadrinheiro Véio !

Culturama é a nova casa dos Quadrinhos Disney no Brasil !

Culturama é a nova casa dos Quadrinhos Disney no Brasil !

Olá Quadrinheiro !

Rapaz, lembro bem da minha tristeza ao saber que não teria mais os quadrinhos do Tio Patinhas sendo publicados no Brasil pela Abril. Primeiro porque a Abril é a casa do Mickey no país desde 1950 e segundo porque cabe ressaltar que a revista Pato Donaldo inaugurou a editora e é a primeira revista Pato Donald do mundo. Então, perder meu amado Tio Patinhas mensal e sem saber o que aconteceria com a editora que já existia desde antes de eu nascer foi um baque.

Ficamos meses no escuro. Desde o anúncio do fim em maio sem saber o que poderia acontecer… Um susto com algumas demissões sagradas da editora fez o coração ficar mais alerta. Lembro com tristeza das edições finais em junho deste ano fatídico de 2018.

Um álbum de figurinhas do Mickey foi anunciado ( e depois lançado ) pela Panini e ficamos todos de orelha em pé. Estaria a Editora Panini também na jogada ? Será ? Será ?

Até que veio a notícia: Paulo Maffia, o editor chefe das linhas de quadrinhos Disney no Brasil por muitos anos na Abril estava de emprego novo, mais precisamente, em uma editora que eu não conhecia em Caxias do Sul. Fiquei de radar ligado. Seria esta a nova editora que assumiria o legado dos quadrinhos Disney ? Que editora desconhecida é esta ? Culturama ? Como assim ? Dariam conta ?

Tantas perguntas. Tantas incógnitas. O que seria dos leitores, fãs da turma de Patópolis agora ?

Após primeiros pensamentos de medo, parei e pensei: O Maffia está envolvido. Então, vai dar certo. Ele sabe o que faz. Sempre soube. Quando finalmente a Culturama anunciou que lançaria as histórias no Brasil, sabendo do Paulo no comando, fiquei muito feliz. E ansioso. Mal posso esperar pra ver o que eles vão produzir. Fui pesquisar mais.

Soube que a principio serão 5 revistas mensais: Mickey, Tio Patinhas, Pateta, Pato Donald e Aventuras Disney.  E vai além disso. Todas histórias serão inéditas e alguns especiais devem ser produzidos também. A editora caxiense foi escolhida porque seu sistema de distribuição não depende apenas das bancas. É inovador e está anos a frente. Já se estruturou para estar em diferentes pontos de venda e por isso, uma ótima escolha. Mesmo com o marcado editorial em baixa, a Culturama conseguiu vender muito bem devido a esta visão diferenciada, percebendo que o problema não é a entrada da internet, mas dos próprios pontos de venda. Prova disso, é que só em 2017 foram mais de 12 milhões de livros vendidos. É a editora que mais cresce no Brasil. Fora que ela já produzia outros tipos de publicações Disney, Marvel, Star Wars e etc… mas são livros de colorir, livros de adesivos, livros de história, livros sonoros, diários e outros. E tem mais uma coisa: Opção de assinatura também estará disponível.

Agora, vou te contar o que só eu estou sabendo: Existem planos de lançarem uma 6a revista mensal, ainda no primeiro semestre de 2019! Sim, isso mesmo. Além das 5 em formatinho convencional, uma sexta mensal em formato americano: ” Além disso ela terá várias páginas de artigos para o colecionador Disney, tipo entrevista com artistas, curiosidades etc“, segundo o próprio editor-chefe, Paulo Maffia.

Estou bem confiante com a mudança. Sinto cheiro de coisa boa.
Obrigado, Culturama !
Obrigado e parabéns Paulo Maffia. Ainda quero e espero aquela exclusiva com você lá no canal, hein ?

Aguardo março de 2019 com grande ansiedade.
Que venham nossas novas revistas número 1 !

Abraços do Quadrinheiro Véio.

“ONWARD” – CONFIRA O ELENCO DE VOZ DA NOVA ANIMAÇÃO DA DISNEY•PIXAR

CHRIS PRATT, TOM HOLLAND, JULIA LOUIS-DREYFUS E OCTAVIA SPENCER ENTRAM PARA O ELENCO DE VOZ DO PRÓXIMO FILME ORIGINAL DE ANIMAÇÃO DA DISNEY•PIXAR “ONWARD”

A Disney•Pixar revelou hoje quatro integrantes do elenco de voz para o seu novo filme original “Onward”, incluindo Chris Pratt (“Guardiões da Galáxia”), Tom Holland (“Homem-Aranha: De Volta ao Lar”), Julia Louis-Dreyfus (“Veep”) e Octavia Spencer (“A Forma da Água”). Com direção de Dan Scanlon e produção de Kori Rae, equipe responsável por “Universidade Monstros”, de 2013, “Onward” está previsto para estrear nos cinemas dia 6 de março de 2020.

Em um mundo de fantasia suburbano, o filme “Onward” da Disney•Pixar apresenta dois irmãos elfos adolescentes que embarcam em uma jornada extraordinária para descobrir se ainda há alguma magia no mundo. “Na Pixar, nós tentamos criar histórias que surgem de algum tipo de verdade pessoal”, disse Scanlon. “Esse filme foi inspirado na minha própria relação com meu irmão”.

Segundo os cineastas, eles montaram um elenco de voz dos sonhos para ajudar a dar vida aos personagens.

  • Chris traz quantidades iguais de um grande coração e fantástico senso de humor ao seu personagem”, diz Rae.
  • Tom tem um charme e sinceridade contagiantes que fazem você torcer por ele em todos os personagens que ele interpreta”, disse Scanlon.
  • Não há ninguém mais engraçada do que a Julia”, disse Scanlon, “mas ela também traz uma ternura e um lado afetuoso a sua personagem”. 
  • Octavia consegue fazer de tudo”, disse Rae. “Estamos muito empolgados em relação a profundidade, assim como o humor que ela traz para sua personagem”.

Abraços do Quadrinheiro Véio !

Panini anuncia aquisição de licença da Disney para lançar álbum histórico de Mickey 90 anos

Panini anuncia aquisição de licença da Disney para lançar álbum histórico de Mickey 90 anos

Livro ilustrado comemorativo do personagem mais famoso do mundo e símbolo da Disney conta sua origem e evolução ao longo dos anos e traz 276 cromos e 36 cards colecionáveis ! 

O icônico personagem criado por Walt Disney nos anos 20 acaba de ganhar um álbum de figurinhas oficial: Mickey Mouse História com Cromos. A coleção comemora o aniversário de 90 anos do personagem mais famoso do mundo e também celebra um marco histórico para a editora, que anuncia a aquisição das licenças da Disney, Marvel e Pixar no Brasil para a publicação de álbuns de figurinhas. O livro ilustrado comemorativo será lançado em 21 de novembro e contará com 276 cromos coloridos e em preto e branco, entre eles, 60 especiais, além de 36 cards.

Para a edição histórica de 90 anos, a ilustração da capa do álbum foi desenhada com exclusividade para a Panini por Giorgio Cavazzano, cartunista italiano da Disney e um dos mais reconhecidos pelo seu trabalho. O livro traz a origem do personagem, desde a sua primeira aparição no lançamento de Steamboat Williecurta-metragem clássico de Mickey que estreou em 1928 – e depois na animação Fantasia, dos anos 40, até chegar a 2004, com Os Três Mosqueteiros, além de informações e figurinhas que retratam o começo dos quadrinhos.

As páginas contam ainda com uma história em quadrinhos inédita, escrita pelo também cartunista italiano Andrea Castellan, popularmente conhecido como Casty e considerado um mestre da Disney. Os amigos do Mickey não ficarão de fora da coleção! Há espaços dedicados especialmente a Minnie, Pateta, Pluto, Pato Donald e família, e muitos outros, com o perfil completo de cada um deles. 

Para finalizar a diversão, as páginas trarão o personagem em muitas aventuras, como Mickey viajante, explorador, arqueólogo, repórter etc. E, para você que quer conhecer a casa do Mickey, muitas figurinhas o levarão até lá.

A experiência ficará ainda mais completa com os cards do Mickey e seus amigos para colecionar. Cada envelope de figurinhas trará cinco cromos e um card especial. Além disso, os álbuns trarão um porta-cards exclusivo para guardá-los.

O livro ilustrado estará disponível em versões com capa dura e brochura no e-commerce www.lojapanini.com.br, além de livrarias, bancas de jornal e lojas de brinquedos de todo o País.

“Estamos muito felizes e animados em ganhar as licenças da Disney, Marvel e Pixar no Brasil para a publicação dos álbuns de figurinhas de diversos personagens. Esperamos que essa parceria traga muitas novidades para o público. Começamos com o pé direito, com o lançamento da coleção comemorativa Mickey 90 anos, um presente para nós da Panini e para as famílias que poderão colecionar juntos nessa data tão importante”, diz José Eduardo Martins, presidente da editora no Brasil. 

Ficha técnica

Mickey Mouse História com Cromos

Formato: 225 X 287 mm

Estrutura: 4 capas + 64 páginas

Capa: cartão com verniz reserva

Miolo: offset 90 g

 

Cromos: total de 276 cromos, sendo 60 especiais

Cards: total de 36 cards

 

Lançamento: 21/11/2018

Distribuição: nacional

Preço do livro ilustrado brochura: R$ 12,00

Preço do livro ilustrado capa dura: 62,90

Preço do envelope com 5 figurinhas e 1 card: R$ 2,50

Abraços do Quadrinheiro Véio

Disney anuncia sua participação na Comic Con Experience 2018

Experiências de Disney, Disney•Pixar, Marvel Studios e Lucasfilm são os destaques da área de 800m2

Pelo quinto ano consecutivo, a Disney marca presença no principal evento de cultura pop do Brasil, a CCXP 2018. Nesta edição, o espaço abrigará diversos contêineres que irão proporcionar experiências dos novos filmes da Disney, Disney•Pixar e Marvel Studios. A Lucasfilm terá uma área de Star Wars e a Rádio Disney um espaço privilegiado.

No espaço dedicado à Disney, os fãs serão convidados a entrar no mundo da internet com Ralph e Vanellope, do longa de animação da Walt Disney Animation Studios, WiFi RALPH, e se divertir nos corredores iluminados como se estivessem dentro do filme, que chega às telas do Brasil em 3 de janeiro de 2019. A nova aventura de DUMBO, dirigida por Tim Burton, também ganhou uma área tematizada no local e irá apresentar o protagonista dessa história inesquecível, na qual as diferenças são celebradas e os sonhos ganham asas. Do longa live action ALADDIN, que traz Will Smith como o Gênio e Guy Ritchie na direção, o público terá acesso à lâmpada e poderá fazer suas escolhas com sabedoria.

TOY STORY 4, da Disney•Pixar, marcará presença apresentando a nova aventura de Woody ao lado de seus velhos e novos amigos. Essa história irá mostrar ao cowboy como o mundo pode ser grande para um brinquedo. Ao circular por esse espaço será possível brincar num clássico parque de diversão e treinar as habilidades de pontaria.

Na área da Marvel Studios, o público verá de perto o figurino original da Capitã Marvel utilizado nas filmagens, além da reprodução de cenários do filme para que os fãs possam tirar fotos. CAPITÃ MARVEL, chega aos cinemas brasileiros no dia 7 de março de 2019. Uma parede muito especial coberta com imagens exclusivas, que neste ano ilustram as credenciais da CCXP, celebram os 10 anos da Marvel Studios.

Lucasfilm trará uma experiência imersiva, com projeções de cenas exclusivas, acompanhadas de uma trilha sonora emocionante, que levará o público a reviver os grandes momentos da franquia Star Wars.

VIDRO, novo filme do diretor M. Night Shyamalan, que recentemente confirmou sua participação na CCXP 2018, também marcará presença no evento. O novo filme traz as narrativas de CORPO FECHADO, da Touchstone Pictures (2000), e de FRAGMENTADO, da Universal (2016) num explosivo e inédito suspense de história em quadrinhos que estreia no Brasil no dia 17 de janeiro de 2019. No estande haverá um cenário para fotos, onde os fãs poderão escolher entre ser herói ou vilão.
Além disso, o pôster especial criado pelo artista brasileiro Rodrigo Bastos Didier, também ficará exposto no local.

No sábado, dia 8 de dezembro, a Disney marcará presença em boa parte da programação do auditório principal, com uma série de painéis, conteúdos e surpresas especiais.

A Rádio Disney irá transmitir uma programação totalmente dedicada ao evento direto do São Paulo Expo, em um estúdio ao vivo por onde passarão artistas e talentos nacionais e internacionais.

Abraços do Quadrinheiro Véio

70 anos de Tio Patinhas

70 anos de Tio Patinhas

Tio Patinhas é de longe meu personagem Disney preferido. Eu poderia escrever um livro só com a história dele em minha vida. Mas irei resumir aqui e comentar por quê eu acho que você deveria ler este especial de aniversário de 70 anos do sovina mais apaixonante de Patópolis.

Muquirana !

A quantidade de palavras que aprendi lendo quadrinhos Disney é quase tão vasta quanto ao tanto que eu me diverti ao consumi-los. Não apenas palavras, mas muito do comportamento empreendedor, da persistência ( e a diferença entre teimosia, persistência e obsessão ) da aventura exploratória e a paixão por história e arqueologia que sempre me permearam a imaginação e o gosto nasceram das páginas deste Quaquilionário Escocês.

Criado por Carl Barks  em 1947, a edição traz ( mais uma vez ) a primeira aparição do Tio Patinhas em uma revista em quadrinhos na famosa “Natal nas Montanhas“. Em um desenho animado de 1942, conhecido como “The Spirit of’43“, um personagem muito parecido com o Tio Patinhas, mas que não tem nome mencionado aparece. Se baseando visualmente neste personagem, Barks adicionou a personalidade de Ebenezer Scrooge. Este personagem famoso por ser um grande velho egoísta, rico e sovina do clássico “Um Conto de Natal” do Inglês Charles Dickens. Assim, criou uma história que seria o marco inicial deste tio rico do Donald testa a coragem do sobrinho apenas como diversão.

Este comportamento de se manter (mais) rico a cada segundo, além de sempre buscar formas de fugir do tédio enquanto economiza cada centavo é a característica mais importante e marcante do Tio Patinhas e isso se perdura em cada história, cada tirinha e sempre com fidelidade a princípios morais que variam no detalhe e se mantém na essência em toda aparição.

Estes anos fizeram bem

Os 70 anos do Tio Patinhas traz 25 histórias cuidadosamente escolhidas pela equipe da Editora Abril, que edita Donald e sua turma desde 1950. Vale a curiosidade de que Pato Donald é a revista que inaugura a editora que, depois de tantos anos, deixará de publicar a franquia este ano. Certamente é um marco importantíssimo pro mercado editorial no Brasil e, mais ainda pro fã Disney.

É possível presenciar a conquista da moedinha número 1, seu primeiro trabalho como engraxate, suas aventuras na época da mineração e corrida do ouro no Klondike. Desde seu grande amor de juventude, a famosa Dora Cintilante e todas as peripécias e mecanismos de defesa pra manter a caixa forte segura dos seus inimigos. Seja a Maga Patalójika em busca da número 1, sejam os metralhas, ou os rivais milionários Patacôncio e Pão-Duro McMoney ( meu preferido, hehehe ). Tio Patinhas sempre, sempre consegue sair vitorioso no final… e mais rico também.

Tio Patinhas é aquele velho que nunca fica velho. Ele já é super velho desde sempre, mas ainda luta e escala como ninguém, ainda se enfia em aventuras e arrasta o Donald e os Sobrinhos e quem mais estiver disponível. Geralmente, o Donald está sempre em alguma dívida com o Tio e quando não é isso, o poder de persuasão do velho sovina é infalível. Tanto que partiu para a TV pra fazer muito sucesso e popularizar de maneira eterna ao estrelar Ducktales, os Caçadores de Aventura que depois ainda recebeu algumas edições em quadrinhos que você também pode conferir neste livro.

O tempo passa e tudo muda, mas nada muda.

Diversos artistas puderam criar aventuras e desenhar os patos. Desde italianos, holandeses, americanos até brasileiros. O Tio Patinhas inspirou cenas de Indiana Jones e é o personagem mais rico do mundo. Embora Mickey, Pateta e Donald sejam as estrelas mais visíveis, nenhum nunca vai ser tão grande quanto o vigoroso Quaquilionário Tio Patinhas.

Quer ler algo muito rico ? Leia os 70 anos do Tio Patinhas !

Abraços do Quadrinheiro Véio.

 

Conheça mais posts e resenhas do Tio Patinhas, aqui !

Visite meu canal no YouTube: http://www.youtube.com/oquadrinheiroveio

Disney revela como será sua presença na Comic Con Experience 2017

Disney revela como será sua presença na Comic Con Experience 2017

Próximos lançamentos de Star Wars e Marvel Studios  são os destaques da área de 540m2

São Paulo, dezembro de 2017 – Pelo quarto ano consecutivo, a Disney marca presença no principal evento de cultura pop do Brasil, a CCXP 2017. Nesta edição, o estande da empresa irá destacar os lançamentos de “Star Wars – Os Últimos Jedi”, da Lucasfilm, e de “Pantera Negra” e “Vingadores – Guerra Infinita”, ambos da Marvel Studios.

Na área da Marvel Studios, o público irá ficar deslumbrado com figurinos originais de diversos personagens. A roupa do Pantera Negra poderá ser vista de perto, assim como o trono de T’Challa e uma réplica da mina de vibranium de Wakanda. Também estarão na área da Marvel Studios a capa e o olho de Agamotto do Doutor Estranho; o uniforme e o escudo que o Capitão América usou em “Vingadores – Era de Ultron”; o uniforme, os blasters e o capacete de Peter Quill em “Guardiões da Galáxia Vol.2”; um busto de Thanos em “Guardiões da Galáxia”; a roupa de gladiador e as espadas que o Thor usa no novo filme “Thor – Ragnarok”.

No espaço dedicado a Star Wars, o dróide fará aparições e os visitantes poderão tirar fotos com ele e também ver de perto duas estátuas de personagens do novo filme que estreia nos cinemas brasileiros em 14 de dezembro “Star Wars – Os Último Jedi”: um Guarda Pretoriano de Elite e um Stormtrooper.

A Disney também marcará presença no auditório principal em boa parte do sábado, dia 9 de dezembro. Às 10:30 o público assistirá em primeira mão a nova animação da Disney•Pixar “Viva – A Vida é Uma Festa, que estreia nos cinemas no dia 4 de janeiro de 2018. Na sequência, às 12:30, um painel especial de “Star Wars: Os Últimos Jedi” com entrevistas gravadas com o elenco, música e muitas surpresas.  Finalizando a programação da Disney no auditório principal, às 13h30, Nate Moore, vice-presidente de Produção e Desenvolvimento da Marvel Studios, vem ao Brasil falar dos próximos lançamentos do estúdio: “Pantera Negra”, “Vingadores: Guerra Infinita” e “Homem-Formiga & A Vespa”.

Este ano, a Rádio Disney é a rádio oficial da CCXP. Além de presentear os ouvintes com ingressos para um dos maiores eventos de cultura pop do mundo, um ouvinte e acompanhante poderão assistir ao novo filme da Disney Pixar, Viva – A Vida é uma Festa, em primeira mão na pré-estreia da animação, sábado (9/12), no auditório principal. A Rádio Disney também contará com um estúdio no local, de onde fará transmissões ao vivo durante os quatro dias de evento, com visita de artistas e boletins informativos sobre tudo o que vai rolar na CCXP 2017.

E é claro que eu estarei lá!

Me encontre na CCXP 2017 na sexta e no sábado. E se inscreva no instagram @oquadrinheiroveio pra acompanhar a cobertura !

Abraços do Quadrinheiro Véio !

Os 80 anos do Pato Donald – Por seus Principais Artistas

QUACK !! – Pato Donald !

Uma das publicações mais bonitas que temos nos dias de hoje é este livro belíssimo, em capa dura, com mais de 480 páginas que é o livro Os 80 anos do Pato Donald por seus principais artistas, lançado pela editora Abril.
Não sei se você gosta dos patos da Disney, mas eu me amarro neles desde sempre. As historias da turma da Mônica são muito apaixonantes, mas eu tenho um carinho enorme pelos patos, em especial pelo Tio Patinhas. Mas o Donald e os sobrinhos tiveram muita influencia na minha formação como pessoa. Explicarei um pouco disso, até em linhas mais adiante, até um pouco psicológicas.
Pato Donald
 
Esta edição é muito rica, não pelo material que é excelente, em couchê e capa dura, mas pela variedade das historias escolhidas, 26 ao todo, escolhidas de 15 autores diferentes, de todas as partes do mundo, de épocas distintas e com pequenas biografias de cada um deles. E é claro que tudo começa com o grande Carl Barks, passando por artistas Americanos, Dinamarqueses e Italianos e tem até um Brasileiro, que deve ter sido carteirada, já que são as duas historias mais fracas do livro ( hehehe, desculpa, sou sincero pacas nos meus posts ). Pra mim, as do Barks são as melhores, e tem umas ali bem grande, empolgantes, e divertidas. As que eu mais gosto sempre envolvem aventuras. Acho o máximo quando eles viajam pelo mundo, ou pelo tempo, conhecendo os equivalente históricos com nomes engraçados… personagens como o Milionário Enri K. So… rs… me amarro nestes nomes. 
E esta edição é bem diferente da trilogia Anos de Ouro do Pato Donald, de 1988, onde foram reunidas as 21 primeiras edições da revista no Brasil, em formato grande, com capas lindas… que eu também comprei nas bancas na época. Sim, gosto dos patos tanto quanto dos heróis. Embora não me amarre muito no Mickey. As historias do Mickey tem um caráter mais detetivesco ou espionagem. Eu adoro o estilo, mas o Mickey não me prendeu tanto. Já o Tio Patinhas sempre foi aventureiro, mais o lance de caça tesouros, meio Indiana Jones e eu acabei curtindo mais. Quando eu era criança eu tinha até uma moedinha numero 1, dentro de um mostruário parecido com o dele, que eu dizia que me dava sorte… hehehe… bons tempos, brincava mesmo com isso. E o bacana é que naquela época nós tinhamos muito mais a nossa imaginação, já que não tinha tantos brinquedos que brincavam sozinhos como agora, as opções eram muito poucas, desenho só em 2-3 canais da TV e o dinheiro dos meus pais era bem curto. Então, um cabo de vassoura vira espada, uma caixa de papelão vira um carro, e um lençol com uma corda de varal vira um acampamento. Saudades demais deste tempo, que mesmo sendo um pouco mais difícil pra um monte de coisas, não nos fazia falta alguma ter telefone celular ou internet. Coisas que nos ajudam e facilitam muito a nossa vida, claro que sim, mas que hoje resolvem problemas que antigamente a gente não tinha, gerando dependências que também não haviam. Quantos de vocês conseguem sair sem se sentirem vulneráveis quando o telefone fica em casa ou a bateria acaba ? Fora que hoje em dia, computador sem internet não tem uso… no meu tempo, trabalhava muito no computador, e nem falávamos em internet. Coisas muito, muito curiosas… Mas, chega de nostalgia, voltemos aos patos.
 
Este livro consegue mostrar uma coisa que eu acho muito válida: A Essência do personagem ao longo dos anos. Ela é constante. Não muda. Vemos o passar dos tempos, a mudança das tecnologias, a forma como isso afeta os personagens e o quanto você pode identificar sempre cada um deles pela sua personalidade sempre constante. Eu sempre falo disso. Você sabe quem você vai ler, porque a essência não muda. E é isso que eu sempre critico nos novos 52, e em alguns personagens da Marvel. A falta de criatividade é muito grande, ao ponto da preguiça de criar novos desafios fica a mercê de alterar a base dos personagens ao invés de quebrar a cabeça em novas historias. Por isso que quando você vai ler um Super-Homem dos dias de hoje você só reconhece o desenho do símbolo, porque poderia ser um personagem novo, e não Kal-el, não o Clark. Esta é a minha grande crítica quando se trata das novas historias. Coisas fracas, muitas opções, todas fracas, em busca do lucro único. Sim, precisa adaptar as historias aos novos tempos, mas não precisa mudar a essência. Isso que sempre tento dizer e um monte de gente me metralha com todas as pedras possíveis… rs… Mas, ok. Não sou o dono do mundo e posso estar enganado. Hoje penso assim, amanhã quem sabe isso muda.
 
Então, vou ficar por aqui. Espero que se você gosta dos patos, possa adquirir esta edição especial.
 
Abraços do Quadrinheiro Véio !

 FACEBOOK