TORMENTA – Capitão Feio – Graphic MSP

Tormenta – Capitão Feio

Olá Quadrinheiro.

Magno e Marcelo Costa retomam os Graphic MSP com o personagem que já escreveram a primeira vez em Identidade – Capitão Feio e nos agracia com TORMENTA, uma história que consegue ser mais séria e adulta, sem perder a leveza que os quadrinhos da Turma da Mônica sempre exibiram.

Em Tormenta, o sujo Capitão Feio se vê as voltas com dois novos inimigos. E o curioso é que embora tenha uma breve aparição do fã Cascão, Cebolinha e outros personagens regulares ( com um traço próprio dos irmãos ), a história é do Capitão Feio mesmo. Tem até a presença das gêmeas Crodilde e Cremilde ! E isso torna o quadrinho mais legal, não apenas por elas, mas porque tem muitas referências a muitos outros personagens do universo do Capitão Feio. Desde objetos à personagens que foram criados para suas histórias. E até o Cascão defendendo o vilão.

Se não quiser spoilers, sugiro interromper sua leitura por aqui.

O nome desta edição é genial, porque ao mesmo tempo que ele entrega, não entrega. E pros fãs do Capitão Feio ( acho que existe… além do Cascão ), é legal ver de uma maneira diferente, mais “pé no chão” dentro do que é permitido, ver uns personagens realocados, tendo um background diferenciado e até com outras funções dentro da historinha.

Pra quem não sabe, o Capitão Feio se tornou este vilão com poderes sujos e capacidade de vôo depois de um acidente que também levou sua memória. Ele é o irmão do pai do Cascão. Isso é mostrado brevemente e resumidamente na história, dando um “quê” de querer saber mais sobre o passado do personagem e de como isso pode ser usado futuramente. Aliás, cabe ressaltar que os irmãos deixaram em “Identidade”, algumas deixas pra Tormenta. E acho que este pode ser o caso aqui também. E como um mestre da sujeira, ele tem também seu zênite, o Dr. Olimpo ! Que em Tormenta, é da polícia e conta com as agentes Cremilda e Crotilde pra auxiliá-lo na captura do Capitão que fugiu da cadeia.

Mas o que a gente descobre mais a frente ( aqui vem o grande spoiler ) é que outro inimigo do Capitão Feio está por trás do plano de fuga: Cumulus, o homem-nuvem. E como a principal fraqueza do Capitão Feio é água, logo você imagina a batalha que vem por aê.

Capitão Feio: Edição Linda !

A história dos irmãos Magno e Marcelo Costa segue linear, completa e coesa. Diálogos e pensamentos ricos, reflexões, emocionante e com um traço muito bem feito, digno de quadrinhos americanos. A coloração dá o tom pesado que uma edição desta pede e a gente fica muito grato por poder ter uma edição tão bem feita em mãos.

Uma edição suja e mal lavada, mas que enche seus olhos de água.

Abraços do Quadrinheiro Véio !

Primeira Capa do Crossover entre MSP e DC Comics

Saiu a Primeira Capa !

E durante o Batman Day, evento especial realizado pela Panini para os fãs do Homem-Morcego, a editora divulgou com exclusividade a primeira capa de uma das revistas nascidas do crossover entre a Mauricio de Sousa Produções e a DC Entertainment, ou melhor, entre a Turma da Mônica e a DC Comics. A publicação trará Cebolinha e Batman juntos em uma aventura com a turminha. Na capa, Batman está ao lado de Cebolinha e Mônica como Robin, parceiro inseparável do super-herói, e Cascão representando o Asa Noturna, em Gotham City.

A parceria é inédita começa nas edições de dezembro deste ano das revistas MônicaCascãoMagaliChico Bento Turma da Mônica ( Se não tivesse Chico Bento eu nem sairia de casa… rs… ). E duas aventuras completas nas edições de dezembro e janeiro da Turma da Mônica Jovem, publicadas pela editora Panini com os personagens da Mauricio de Sousa Produções ao lado dos super-heróis e supervilões da DC, como Batman, Superman, Mulher-Maravilha, Flash, Lanterna Verde, Aquaman, Coringa, Mulher-Gato e muitos outros personagens icônicos. 

Os traços editoriais das revistas serão todos desenhados pela Mauricio de Sousa Produções e os roteiros das histórias serão realizados em parceria pelas empresas, para unir os personagens em eletrizantes aventuras.

 

Vale conferir !

Abraços do Quadrinheiro Véio!

Chico Bento: Pavor Espaciar

Olá, Quadrinheiros.
No post de hoje vou falar de um personagem que é o meu preferido do Maurício de Souza: Chico Bento. Naturalmente por eu ter vivido a vida inteira no interior de SP, e tendo meus pais mais do interior ainda, tenho muita familiaridade com as situações deste caipira apaixonante que o Mauricio criou.
E esta publicação em especial é muito legal, porque faz parte da séria Graphic MSP, na qual o Maurício convida outros artistas pra produzir hq´s com seus personagens e são lançadas em capa duro, formato de luxo. E esta em particular é mesmo muito luxuosa, não apenas pela impressão e capa, mas pela qualidade da estorinha. Pavor Espaciar é mesmo Especiar ! ( com o perdão do trocadilho… )
Uma característica muito rica do Chico Bento é sua inocência ( aliás de todos os personagens do MS, a inocência é o que faz ser “bonitinho” ) e quando o Chico e o seu primo Zé Lelé são abordados e abduzidos por alienígenas, eles não sabem nem o que pensar sobre isso. Segue-se uma hq divertida, com poucos diálogos, mas com uma arte diferenciada, linda, com movimento incrível. Realmente dá a impressão que eles se mexem.

O autor Gustavo Duarte, que também é do interior de SP, foi muito criativo e fez uma coisa que eu adoro: colocou muitas referencias a cultura pop. Podemos encontrar referências que vão desde Ultrage a Rigor e Michael Jackson até programas do History Channel e Guerra nas Estrelas, isso citando por baixo, falando pouco. A coloração é bem simples, mas os traços que são bem diferentes dos originais conquistam muito e passam o ar de “matuto”. E além disso a participação do Torresmo e da Giserda são essenciais. O porquinho jogando Sabbac é hilário.

Não posso falar mais sem entregar o enredo da hq e acho que boa parte das risadas vem do inesperado e também dos clichês que são usados de forma brilhante, diferente da maioria, inusitadamente. 
Recomendo mesmo.
Abraços do Quadrinheiro Véio.