domingo, 22 de outubro de 2017

Wolverine – O Velho Logan

Eu simplesmente adoro estas edições de futuro alternativo, principalmente futuros apocalipticos em que os heróis perderam e o mundo virou um caos… hehehe… devo ter algum problema de caráter…rs…
Velho LoganEm Wolverine – O Velho Logan, temos isso. Mas isso em grande estilo e qualidade. Vou fazer um resuminho, me esforçando pra não liberar spoilers. Passaram-se 50 anos no universo Marvel após os vilões se organizarem e atacarem todos os heróis ao mesmo tempo e em massa, causando a morte da grande maioria esmagadora deles e os poucos que sobreviveram estão escondidos ou sendo mercenários. Pra ajudar, os líderes vilões dividiram os EUA em 4 reinos e é tudo um grande deserto, no mais belo estilo Mad Max. Tem um monte de dinossauros espalhados por aí, e filhos e netos de vilões e heróis espalhados, perdidos, sendo alguns mais vilões, outros mais heroicos. É muito interessante ver o que alguns vilões acabaram se tornando. E o que pra mim foi o mais importante: Coerência. O universo desta HQ é coerente. O Wolverine é coerente. Os vilões e o que aconteceu com eles é coerente. Gosto disso, acho que é uma forma de deixar a gente curioso e se sentir homenageado por não mudarem tudo o que vc passou uma vida lendo ( meu caso… principalmente pelo ódio que sinto de Novos 52 da DC ).
Velho LoganVocê sabe que é uma HQ muito bem feita, porque não consegue largar ela até acabar. E se emociona ao ler, fica instigado e ansioso. Tudo é revelado no tempo certo, os motivos do Logan não usar mais as garras e os motivos pra voltar a usar são autênticos. Ele é um herói na essência, mas parece que luta o tempo todo contra isso… é aquele lance de aceitação. E, poxa, desde que entrou pros X-Men láááá atrás, ele passa por este conflito interno. E podemos ver os conflitos dele, sentir dentro de nós.

Acho que é isso que deixa a gente mais identificado com algumas HQ´s: A habilidade do roteirista de te colocar dentro da HQ, sentir o que está lá como se fosse com você. Perceba que, pra mim, HQ tem que te fazer sentir, tem que fazer emocionar, vibrar, torcer muito. O Velho Logan faz você torcer por ele, sentir pena, ódio… não entender algumas ações dele até ele explicar e contar tudo que houve. E a batalha final ? Minha nossa… épica ! ÉPICA ! Não vou nem dizer com quem, mas digamos que seja linda a simetria. Eu diria que o título, O Velho Logan, seja mais do que um Logan velho, mas ter o bom e ‘velho’ Logan de volta.
O roteiro de Mark Millar é primoroso no sentido de condução da sua emoção e pensamentos. A gente fica se questionando, ficamos em diálogo interno o tempo todo, buscando entender e adivinhar o que vem em seguida. A cada destino de um herói que é revelado, a gente vibra. É uma delicia. E é ótimo ver que, mesmo raras, existem sagas e mini-series boas após os anos 90. Quem acompanha o blog sabe que eu tenho um certo problema com os anos 2000. Velho LoganOs desenhos de Steve McNiven constroem uma narrativa com quadros grandes, dando a dimensão do desastre o tempo todo. Os personagens envelhecidos, suas expressões, estão muito coerentes e bem feitos.
A riqueza de detalhes nos quadros nos localiza muito bem na história e complementa o diálogo. Segue abaixo algumas ilustrações da edição. Veja se estou exagerando. Ele tem um traço moderno, mas mesmo assim, pelo detalhamento e movimento, excelente !
Recomendo a leitura, leia mesmo. Permita-se. Emocione-se.
 
Abraços do Quadrinheiro Véio !
 
 
 
 
 
 
 
 
Velho Logan

 

 

Velho Logan

 

 

Velho Logan

 

 

 

 

Velho Logan
 

About The Author

Related posts

10 Comments

  1. O Quadrinheiro Véio

    Oi, Roberto ! Rapaz, que legal seu comentário. Isso acrescenta legal ao blog, obrigado !
    Realmente eu me espantei com a qualidade de Velho Logan. É de um nível muito alto em relação a maioria das HQs que são produzidas nos dias de hoje.
    Vou anotar suas sugestões para falar sobre elas também. Eu não lembro de cabeça, mas tem mais analise de obras do Millar no blog. Abração e obrigado por se dispor a escrever !
    Abração !

  2. Roberto Xavier

    Deu pra ver que você curtiu os desenhos do McNiven, não é mesmo? O Velho Logan é muito bom mesmo. O final pode ser controverso para alguns, mas, para mim foi fantástico. Essa HQ cumpre com excelência o quesito descontração, também li numa paulada só, fazia tempo que não lia uma HQ dessa forma. Gosto muito dos roteiros do Mark Millar, espero que você coloque análises de outras obras dele como Superior e Nêmesis. Que também são legais. Um abraço.

  3. oquadrinheiroveio

    Oi, Bruno. Seja muito bem vindo !
    Obrigado pelo seu comentário. Fico satisfeito em saber que posso ajudar de alguma forma, assim como os amigos que aqui faço me ajudam muito na hora de escolher algumas leituras também !
    Apareça sempre que puder. Acho que amanhã colocarei um post novo, mais tardar no sábado !
    Também lí o Velho Logan sem referencia e foi uma grata surpresa !

    Abração !

  4. Bruno Marsicano

    Fala cara. Parabéns pelo blog, ele tem feito bastante diferença nas minhas escolhas quando vou comprar HQs. Sempre gostei muito de X-Men e do Wolverine, mas para muita coisa tenho seguido suas sugestões e tenho gostado bastante do que tenho lido.

    Esse HQ em especial eu comprei meio na despretensão, mais por ser fã do Carcaju do que por realmente acreditar que poderia ser uma grande historia. Acabei me surpreendendo imensamente. Como você, também não sou dos maiores fãs dos anos 2000, mas essa edição (junto ao "Inimigo do Estado" também do Wolverine e também do Mark Millar) foi a melhor coisa "nova" que li.

    Enfim, parabéns pelo texto. por conseguir sintetizar os sentimentos que temos lendo essa HQ (pelo menos eu me senti bem parecido, hehe) e pelo blog. Você tem um novo seguidor assíduo.

    Abraços!

  5. oquadrinheiroveio

    Oi, Roberto. Agradeço muito sua mensagem. Fiz este canal pra fazer amigos e pra não ter rabo preso mesmo. Como não tenho fim lucrativo, não preciso ficar puxando sardinha de nada. E como o espaço é meu, falo o que penso e pronto. Claro que sempre aberto as opiniões de todos e acho justo que já que exponho o que penso, outros possam fazer também.
    Acho que é bacana quando temos um pouco de bagagem poder dividir isso com os novos leitores, muitos deles ainda sendo muito influenciáveis e não tendo as próprias idéias, inseguros quanto ao próprio gosto e também achando que o que começaram a ler a pouco tempo é o que define tudo. Eu comecei a ler em 83, mas corri muita banca de revistas usadas pra ler as coisas da década de 70 e com o acesso maior que veio no final dos anos 90 em diante, passei a sempre pesquisar e ler as coisas mais antigas. Como diria Obi-wan : " HQ´s mais elegantes, pra uma época mais civilizada"… rs.
    Que legal você indicar este livro, estava curioso sobre ele a um tempo e com a sua indicação acho que vou dar uma chance a ele… hehehe… já era, mais um investimento em diversão.
    Abração e comente sempre ! Inclusive nos posts mais antigos !

  6. Roberto Xavier

    Agradeço a recepção e fico feliz em encontrar na internet um canal onde o pessoal faz análises mais críticas sobre as HQs, no geral, vejo em outros lugares que a maioria dos leitores parece apenas fazer coro em afirmar que algo é bom, talvez por não querer desvalorizar a aquisição ou por não ter muita referência para julgar a qualidade do material. Principalmente no youtube há diversos canais em que as pessoas falam bem de quase tudo, quer dizer não falam mal de nada, principalmente do que compraram, mas não é difícil depois de algum tempo ver os mesmos se contradizendo ao dizer que não gostaram disso ou daquilo e que a história os decepcionaram. Aqui vejo que isso não acontece e que tanto o idealizador do site quanto os participantes são bastante críticos. Acho isso muito importante porque não quero ter encalhe na coleção e principalmente jogar dinheiro fora com algo que não é bom. É isso ai parabéns pelo site e que mais reviews venham. Pra fechar gostaria de indicar aos que querem aprofundar seus conhecimentos quanto a esse ramo do entretenimento o livro MARVEL COMICS: A HISTÓRIA SECRETA.
    Li recentemente e gostei muito, além de contar a história da Marvel o livro trás muitas curiosidades, principalmente em relação ao destino dos grandes artistas que fizeram desse universo o que é hoje, apesar de ter a Marvel Comics como tema principal há relatos dos principais acontecimentos envolvendo todas as demais editoras. E a edição nacional trás um índice no final indicando títulos e datas de lançamento nos EUA e no Brasil. Trata-se de um guia para leitores com a editora nacional, revista e número no qual foi lançadas determinadas histórias. Muito bom mesmo. Fica a dica, para os que se interessarem. Em sites como a Saraiva o livro está saindo por metade do preço. Um abraço a todos.

  7. oquadrinheiroveio

    Opa ! E eu estava curioso pelos seus comentários, amigo Vagner ! Rapaz, realmente foi uma grande sacada do roteiro colocar o aranhamóvel ! Eu delirei quando vi. e seu ponto de vista também sempre acrescenta aqui ao blog. Teremos mesmo excelentes sagas do Vovô mutante ! Acho que sou uma das poucas pessoas que não gostou de Origem… embora bem feita e seja uma boa história, o que eu não gostei foi de terem dado uma origem pro Logan… mas, faz parte !
    Abraços !!!

  8. vagner araujo

    Opa!! O velho Logan…Esta eu estava curioso pela sua opinião Quadrinheiro, principalmente depois de Guerra civil que você não gostou…( confesso que também esperava mais)
    Eu também achei excelente a história, junto com o clima de Mad Max (ai…eles estão fazendo reboot no cinema…que medo…) eu colocaria ai o filme "A estrada" e até o game recente "The last of us". Cara, que saudade do bugue-aranha (aranhamóvel, aqui…)!!!! heheh Mark Millar na minha opinião, tem a manha do negócio. Gostei muito do que ele fez nos supremos, que foi meu primeiro contato com ele, achei legal guerra civil (só aquele final tosco que tira o brilho da saga) e agora achei excelente essa visão do Wolverine. Já o Sr Steve McNiven, me ganhou de vez…belo trabalho. Acho que a única coisa que não curti muito nesta HQ é o Hulk engolir o Wolverine…pô, como o cara desceu pela garganta?!?!?!?! Tá..sei que é uma HQ, e que exageros fazem parte, mas este em questão me desagradou um pouco…
    No entanto essa sequência do wolvi vai ficar muito boa…reparou? Teremos Origem, arma x, Eu, Wolverine e O velho Logan. Um ótimo resumo do carcaju!!hehehe
    Mais uma guardada na coleção para releitura, que quando acontecer será ao som de "when the wild wind blows"

    Abraço meu amigo!!

    Vagner

    PS: Roberto Xavier, apareça mais vezes cara, gostei de ler seus comentários também!!!

  9. Roberto Xavier

    Curioso, como em boas histórias alternativas o Hulk é colocado como um ditador. Pensando bem, é o mais adequado já que ele nunca se encaixou no status de herói e aqui ele veste a carapuça perfeitamente. Achei O Velho Logan uma HQ fantástica, foi uma história que li em uma tacada só, ultimamente só o mangá 20th Century Boys consegue me envolver tanto assim. Mark Millar me surpreendeu, pela primeira vez, em Guerra Civil pela forma como desenrola as coisas sem frescuras ou falas desnecessárias. Quanto aos desenhos de Steve McNiven em GC me causaram estranhamento, tipo, indecisão quanto a amá-los ou odiá-los, mas aqui em Velho Logan não resta dúvidas do quanto estão e são excelentes, os desenhos estão muito mais sofisticados e com aquele algo mais que só os grandes artistas como John Byrne, Jerry Ordway, George Pérez, Jim Lee, John Buscema entre outros possuem. Uma das coisas positivas dessa coleção da Salvat é possibilitar à leitores mais antigos, como é o meu caso, o contato com talentos mais recentes como o Millar. Há quem o classifique como "blockbuster"pelas histórias com jeitão de convite para grandes estúdios de cinema adaptá-las, mas polêmicas a parte, de tudo que eu li dele até o momento (Os Supremos, Kick Ass, Superior, Guerra Civil) Velho Logan fica entre as melhores, se não for a melhor. Mais do que recomendado.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *